28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 10:23 - A | A

Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 10h:23 - A | A

PROJETO DE LEI

Comissão aprova projeto que transforma Cefet de MG e RJ em universidades tecnológicas

Cefets são centros federais de educação tecnológica; a proposta continua em análise na Câmara dos Deputados

Redação

A Comissão de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5102/23, que transforma os centros federais de educação tecnológica (Cefet) de Minas Gerais e do Rio de Janeiro em Universidade Tecnológica Federal (UTF).

A proposta, do deputado Patrus Ananias (PT-MG), recebeu parecer favorável do relator, deputado Rogério Correia (PT-MG). O texto prevê as linhas gerais de organização das novas universidades, como objetivos, fontes de recursos e mandato de reitores.

Os cargos e funções, ocupados e vagos, dos dois Cefets serão transferidos para a UTFMG e a UTFRJ.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O Ministério da Educação (MEC) terá 90 dias, após a publicação da futura lei, para elaborar os estatutos e regimentos necessários à implantação das duas novas UFTs.

Requisitos

O relator afirmou que os dois centros federais de educação já cumprem os requisitos legais previstos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) para se transformarem em universidades, como produção intelectual e ao menos um terço do corpo docente com mestrado ou doutorado.

Segundo Correia, o Cefet-MG, sediado em Belo Horizonte, possui atualmente 99% de seus docentes com mestrado ou doutorado, sendo que 64% têm doutorado. O Cefet-RJ, com sede no Rio, possui 94% de seus docentes com mestrado ou doutorado, sendo 50% com doutorado.

“A produção intelectual do Cefet-MG e do Cefet-RJ é elevada e consolidada, possuindo destaque no desenvolvimento tecnológico e nas ciências aplicadas”, disse o relator.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image