25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Segunda-feira, 02 de Dezembro de 2019, 08:27 - A | A

Segunda-feira, 02 de Dezembro de 2019, 08h:27 - A | A

EXPECTATIVAS

Turismo de MT é a saída para fomentar a economia de MT

Regina Redação

Regina Botelho Da Redação  

Cuiabá, a exemplo de outras cidades turísticas, precisa crescer, fortalecer os canais de divulgação e atrair mais visitantes, seguindo a lição de casa, ou seja, sendo boa para os moradores, com embelezamento e serviços que funcionem. Essa é a opinião do presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares de Mato Grosso (SHRBS), Luís Carlos Nigro. Para o representante do Trade Turístico, Luís Nigro, nos últimos anos, houve o aumento da vinda de estrangeiros, principalmente para as regiões do Pantanal e Amazônica. Mas, segundo ele, ainda há potencial para ampliar. “O ano de 2019 é considerado bom, mesmo que de forma tímida. O segmento teve problema de queda, mais também uma estabilização e um pequeno crescimento de 3,5%.

O crescimento é pequeno mais, já é um significativo positivo. A gente sente que Mato Grosso é um Estado diferente que vem crescendo a cada ano e com certeza o turismo tem muito a contribuir com o Produto Interno Bruto (PIB) no Estado”, assegura o empresário. Nigro reforça que nos últimos anos a profissionalização dos empreendimentos cresceu em caráter exponencial. “Houve investimento na melhoria da gestão e capacitação dos envolvidos na cadeia por meio das parcerias com o governo e demais entidades. Porém, precisamos ampliar a divulgação e mostrar nosso leque de potencialidades”. Ele frisa que em 2019, foram realizadas ações como o Projeto City Tour, que capacitou 500 pessoas.  O projeto levou profissionais que atuam no setor hoteleiro para um passeio pelo Centro Histórico de Cuiabá e Museus na cidade.

“ A iniciativa possibilita melhor acolhimento de quem escolhe conhecer a cidade”. Outra ação foi o projeto em parceria com o MT Mamma que capacitou voluntárias assistidas pela instituição que lutam contra o câncer e os homens durante o Novembro Azul. Outra ação realizada pelo sindicato foi o Turismo na Praça que ao Centro de Cuiabá, grandes atrativos turísticos do Estado para informar que o turismo existe e é acessível a todos, além de ficar mais perto da sociedade. Além disso, o sindicato participou de eventos importantes com a sessão gastronômica que aconteceu na Assembleia Legislativa que prestou homenagem ao Dia do Chef.

O presidente do SHRBS, acredita que o turismo é um dos setores da economia que mais pode contribuir para a saída da crise financeira.   Homenagens   Personalidades do Estado que contribuíram ao longo dos anos para o desenvolvimento do turismo também foram homenageadas na semana passada pelo Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares de Mato Grosso (SHRBS).  O evento faz parte das comemorações de fim de ano do sindicato e teve a finalidade de expor os avanços do setor e os rumos que o turismo do estado pode seguir.

O vice-presidente da Fecomércio Manoel Procópio, um dos homenageados ressaltou que o principal objetivo da federação é desenvolver o turismo do Estado. O prefeito Emanuel Pinheiro reafirmou o compromisso de recriar a Secretaria Municipal de Turismo. Ele o turismo associado com cultura, que são dois que representam a mola propulsora do inexplorado campo do desenvolvimento econômico. “Precisamos nos unir para fazer da nossa tricentenária capital via o turismo, um exemplo, um case de sucesso, e referência nacional”.  Nigro pontou que o desenvolvimento da cadeia econômica no turismo é o setor que mais cresce no mundo. “O setor de turismo vem crescendo em Mato Grosso, desde a Copa do Mundo em 2014.

Estão surgindo vários atrativos, pessoas que nunca pensaram em empreender nessa área montaram negocio. Queremos mostrar que o turismo no Estado é acessível para os mato-grossenses. É uma indústria sem chaminé que não polui e que precisa do meio ambiente preservado para acontecer no estado”, dispara Nigro. Segundo o presidente do sindicato em Mato Grosso, mais de 90% dos atrativos são ligados ao meio ambiente que são as cachoeiras, os rios, o Pantanal, O Amazonas  o Araguaia, o Cerrado. Para o empresário apesar da grande potencialidade turística do estado, o maior desafio é quadruplicar o número de atrativos e divulgar o potencial do estado para fora do Brasil e fazer com que os mato-grossenses conheçam essas riquezas. “O turismo é um grande potencial para ser desenvolvido, dentro de um curto espaço de tempo. Será um dos pilares econômicos de Mato Grosso, gerando emprego e renda para grande parte da população”.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image