25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019, 14:24 - A | A

Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019, 14h:24 - A | A

ORQUESTRA

Orquestra Unimed Cuiabá realiza concerto de final de ano nesta sexta-feira

Olhar Conceito

A Orquestra Unimed Cuiabá, formada pelos colaboradores da empresa, realiza na noite desta sexta-feira (6), às 19 horas, no Teatro da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá, seu concerto de final de ano. O espetáculo será regido pelo do presidente do Instituto Ciranda e maestro Murilo Alves.

 




De acordo com a assessoria, o concerto terá duração de aproximadamente duas horas e contará com a apresentação de dez músicas. “O evento promete ser emocionante e visa proporcionar uma vivência musical e artística para os alunos do projeto e seus familiares, além dos colaboradores e cooperados da Unimed Cuiabá”, diz a assessoria.

 



O projeto, que inicialmente chamava-se ‘Orquestra Pró-Unim’, foi apresentado pelo Instituto Ciranda, com o objetivo de “ensino dos instrumentos musicais, sob aspecto teórico, técnico e por meio da prática musical coletiva, com o “objetivo de trazer vivência musical e artística aos colaboradores da Unimed Cuiabá, culminando com a formação da Orquestra, organismo musical que além de colaborar para o desenvolvimento e realização artística e musical em Cuiabá, também representará, por meio da Pró-Unim,a Unimed Cuiabá  junto à sociedade mato-grossense”.

Os alunos, inicialmente, frequentaram aulas de musicalização, passando depois para as classes de instrumentos, com aulas teóricas e de técnica instrumental e encontros de prática musical coletiva (orquestra estudantil).

Instituto Ciranda

Há 16 anos ininterruptos, o Instituto Ciranda desenvolve um programa de educação musical dedicado a crianças e adolescentes em idade escolar. Em 2019, serão mais de mil jovens atendidos em nove polos de ensino distribuídos pelo Estado. São eles: Cuiabá (bairros Boa Esperança e Dr. Fábio), Poconé, Várzea Grande (Bairro São Matheus), Rondonópolis e Chapada dos Guimarães, além dos polos de João Carro e Água Fria, zona rural de Chapada.

Parte das primeiras gerações de instrumentistas formada pelo Instituto Ciranda, hoje, ensina para novas gerações de músicos, teoria e técnicas, leitura de partituras e prática em conjunto. “Desde sua criação, em 2003, a instituição vem transformando vidas ao tempo em que forma novas plateias, novos instrumentistas, professores e cidadãos”, comemora o maestro Murilo Alves, presidente do Instituto.

 


O Instituto Ciranda - Música e Cidadania é um dos 32 Pontos de Cultura apoiados pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image