25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2019, 14:46 - A | A

Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2019, 14h:46 - A | A

NATALINA

Mais de 30 mil pessoas já visitaram decoração da Praça Santos Dumont, que segue até 6 de janeiro

OLHAR CONCEITO

Um balanço parcial da Prefeitura de Cuiabá estima que mais de 30 mil pessoas já visitaram a decoração natalina da Praça Santos Dumont. O ‘Natal da Gente’, que inclui a praça e a Avenida Getúlio Vargas, segue até o dia 6 de janeiro de 2020, Dia de Reis.




A Praça conta com a Casa do Papai Noel, túnel de luz e decoração. A Avenida Getúlio Vargas, por sua vez, teve sua extensão inteiramente ornamentada com luzes, que deixam o local mais bonito, principalmente à noite.



Entre os dias 17 e 23 de dezembro, uma Caravana Natalina também fez parte da programação, e levou uma estrutura completa para os bairros mais afastados do Centro Histórico. Um caminhão bitrem, totalmente transformado, passou por bairros estratégicos.

O veículo da Prefeitura de Cuiabá começou a visita pelos bairros Santa Izabel, Jardim União, Três Barras, Planalto, Osmar Cabral e Parque Cuiabá, finalizando no bairro Pedra 90.

“Nós pensamos naquelas famílias simples que pagam seus impostos e merecem serviços de qualidade. Portanto, o Natal da Gente é feito para as famílias, para que as crianças cresçam em meio à magia do Natal e toda sua representatividade cristã”, declarou a primeira-dama Márcia Pinheiro. Segundo ela, o projeto surgiu com proposta de democratizar a festa natalina, facilitando à população o acesso à programação em comemoração a essa data.

 

 

 


Todas as ações tiveram a participação e patrocínio da iniciativa privada como a Energisa, Águas Cuiabá e Rodobens que disponibilizou o caminhão que foi palco do presépio, chuva de neve e casa do Papai Noel.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image