23 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 15:52 - A | A

Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 15h:52 - A | A

Fortalecimento

Cuiabá sediará evento nacional do setor de ‘Base Florestal’

Assessoria

Da Assessoria

O Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF) e o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), irão promover nesta quinta-feira (28), às 08h, o ‘I Encontro Nacional do Setor de Base Florestal’, em Cuiabá. O objetivo é fomentar o debate acerca do fortalecimento do associativismo e da organização do setor em todo o Brasil.
O evento será realizado na sede da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt) e vai reunir as principais entidades do país. O intuito é fomentar o debate acerca das estratégias e possíveis soluções para o fortalecimento do setor, que exerce papel importante na pauta econômica nacional. Exemplo disso é o próprio estado, onde o segmento ocupa a 4ª posição no ranking da economia local, gerando emprego e distribuindo renda a mais de 90 mil pessoas.
Para se ter uma ideia do impacto social, a madeira é a base da economia de 44 municípios mato-grossenses, sendo que o setor congrega mais de 5 mil produtores e mais de 1 mil indústrias e comércios no Estado. Juntas, essas empresas arrecadaram mais de R$ 53 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e mais de R$ 23 milhões ao Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) em 2018, e movimentam mais de R$ 2 bilhões com a venda de produtos florestais.
Organização do setor
O Fórum Nacional foi criado no ano 2000 e congrega as maiores entidades de representação do setor de madeira sólida no país. Ao passo que o Cipem, em seus 15 anos de história, reúne oito sindicatos patronais de base florestal e cerca de 500 associados.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image