25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019, 16:52 - A | A

Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019, 16h:52 - A | A

REDUÇÃO

Superintendente crê que novo posto e medidas tecnológicas irão ajudar a reduzir acidentes

Olhar Direto

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Francisco Élcio, acredita que o novo posto da instituição e a duplicação da BR-163/364/MT deve diminuir os índices de acidentes e incidentes. A fala do superintendente foi feita nesta segunda-feira (16), durante a entrega das obras de novo trecho das rodovias, compreendendo  doze quilômetros, feito pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

 



“Nós temos monitoramento, videoconferência e rádio digital. Tudo isso tem contribuído com a diminuição dos incidentes e acidentes. Acreditamos que em um futuro bem próximo essa tendência será de baixa”, pontua o superintendente.

Ele acredita que a diminuição de acidentes e incidentes irá se dar por uma ação conjunta de fatores. Não somente a instalação do posto da PRF e duplicação da rodovia, a diminuição também pode acontecer pela fiscalização intensa de veículos, como a verificação de freios.

“Estamos trabalhando muito intensamente com relação a qualidade dos veículos, verificando se os freios estão adequados, [por exemplo]. Temos outros fatores e outras premissas para ser analisadas. Eu acredito que um conjunto de premissas, como eu falei, condições de revisões permanentes dos veículos, melhora do frete, que o motorista cumpra a jornada. Nós, patrulhando as rodovias, eu acredito que em breve tornaremos as rodovias mais seguras”.

420 mortes

Entre 2017 e 2018, foram registradas 420 mortes em acidentes nas rodovias de Mato Grosso. De acordo com um levantamento da PRF, publicado em setembro, o número aumentou 19%. Em 2017, foram 191 mortes e 229 no ano seguinte.

Sobre o registro de feridos graves, o ano de 2017 registrou 476. Em 2018 foram 563. Isso significa um aumento de 18,2%. No caso de feridos leves, foram 2102 vítimas em 2017 e 1992 em 2018. Ou seja, uma redução de 5%. Também houve redução no número de registro de acidentes. Em 2017 foram 3.518 acidentes e no ano seguinte 2.626. isso significa uma queda de 25%.

Comparando os dados dos acidentes desde 2010 até 2018, nos quatro primeiros anos os números vinham apresentando um crescimento constante, saindo de 3728 em 2010, para 4554, em 2013, mas a partir de 2014, houve um decréscimo no número de acidentes, saindo de 4439 em 2014, para 2626 acidentes em 2018, com uma redução de 40,84% nesse período.

Duplicação

O trecho de 12 km entregue nesta segunda-feira contempla o empreendimento tem 42,40 km de extensão, que se inicia no segmento em concreto da Serra de São Vicente até o viaduto existente no entroncamento com a Rodovia dos Imigrantes (BR-070/MT).

Ainda há obras para serem finalizadas no Distrito Industrial, onde são erguidos quatro viadutos e será feita a ampliação das ruas laterais.

Hoje, a média diária nesse segmento da rodovia supera 8 mil veículos pesados, que interferem diretamente na mobilidade urbana de Cuiabá. A previsão é de que as obras sejam concluídas neste trecho em 2020.

 


Novo posto da PRF

 


O novo posto da PRF tem estrutura metálica de cobertura das pistas, vidros blindados e maior visibilidade aos policiais rodoviários por ser construído em estrutura suspensa, além de maior estrutura para os grupos especiais como o Grupo de Operações com Cães (GOC), Grupo de Motociclismo Descentralizado (GMD) e Grupo de Fiscalização de Trânsito (GFT).


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image