25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Quarta-feira, 04 de Dezembro de 2019, 16:53 - A | A

Quarta-feira, 04 de Dezembro de 2019, 16h:53 - A | A

ELOGIOS

Delegado licenciado, vereador elogia PJC e diz que denúncias infundadas não vão motivar investigações

Olhar Direto

Delegado da Polícia Civil licenciado, o vereador Marcos Veloso (PV) elogiou o trabalho do delegado-geral Demerval de Rezende e declarou que que denúncias sem fundamento feitas na mídia, como a que envolveu o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) nos últimos dias, não vão motivar a instituição a abrir investigações.

 




Em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira (3), o delegado licenciado garantiu que a Polícia Civil de Mato Grosso não atende a interesses políticos, relembrando casos em que delegados foram presos por envolvimento em crimes políticos, como aconteceu com o ex-secretário de Segurança Pública, Rogers Elizandro Jarbas, acusado de tentar atrapalhar as investigações dos grampos clandestinos instalados durante o governo de Pedro Taques (PSDB).

“Quando foi preciso, a Polícia Judiciária Civil cortou na própria carne, colocando atrás das grades membros da sua própria estrutura... A Polícia não irá de forma alguma se prestar aos interesses de qualquer que seja a motivação. Seja ela religiosa, política ou esportiva. Ela só tem um compromisso, que é o cumprimento do dever legal. A sociedade mato-grossense assistirá a resposta que a instituição trará a estes fatos”, disse o vereador, assegurando que denúncias infundadas, como a que envolveu o prefeito, não motivarão investigações.

“Não serão fatos trazidos de qualquer forma à mídia, a exposição de pessoas sem fundamento, que irão motivar as investigações da Polícia Civil. Seguimos todos os preceitos constitucionais e legais, com muita responsabilidade para cumprir nosso dever”, afirmou.

O parlamentar ainda parabenizou o trabalho do delgado-geral Demerval de Rezende e declarou que a instituição não irá se amedrontar com uma suposta pressão política, denunciada pelo prefeito nesta segunda-feira (2).

“Rendo as minhas homenagens ao meu diretor geral, doutor Mário Demerval, que com pulso firme e com serenidade vem conduzindo os 2,8 mil homens a frente das 168 delegacias em nosso Estado. Não nos amedronta nenhuma situação. A Polícia Judiciária Civil é uma instituição que cumprirá com seu dever, vocês podem ter a certeza disso”, finalizou.

O prefeito Emanuel Pinheiro protocolou na Assembleia Legislativa, uma denúncia de uma suposta pressão política na Delegacia Fazendária para apressar as investigações de uma queixa por uma servidora do município contra ele.

A servidora em questão, registrou um boletim de ocorrência, acusando o prefeito de participar de uma negociata para que os parlamentares cassassem o vereador oposiocionista ABílio Junior (PSC).

 


Segundo o chefe do Executivo Municipal, existem fortes indícios de que a pressão de dentro do Executivo Estadual está sendo orquestrada para prejudica-lo politicamente.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image