25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2019, 10:36 - A | A

Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2019, 10h:36 - A | A

QUADRILHA

Quadrilha integrada por vereador tinha veículos de luxo e era responsável por 90% do tráfico em VG

Olhar Direto

A quadrilha alvo de operação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), deflagrada nesta quinta-feira (19) e que tinha o vereador por Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), Calistro Lemes do Nascimento, conhecido como Jânio Calistro, como associado, possuía veículos de luxo, que foram apreendidos e era responsável por 90% do tráfico de drogas em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).



 
“Este grupo era responsável por 90% do tráfico em Várzea Grande. Além disto, também agia nas cidades de Rosário Oeste e Nobres. Hoje, tivemos apreensão de drogas (maconha, cocaína, pasta base, entre outros); materiais de precisão; cadernos com anotações e arma de fogo. Era um grupo violento, também tinha suas questões de disciplina”, pontuou o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.
 
Com o grupo, que faz parte do Comando Vermelho, foram apreendidos veículos de luxo, caminhonetes e motocicletas. “Provavelmente, no decorrer das investigações, deveremos pedir o bloqueio da conta destes alvos e também de todo patrimônio adquirido com a atividade criminosa”.
 
Dos 23 mandados de prisão, apenas dois não foram cumpridos. Dentre as ordens de restrição, três foram oficializadas contra alvos que já estão detidos na Penitenciária Central do Estado (PCE).
 
A maioria dos alvos detidos nesta operação tem antecedentes criminais. Alguns estão utilizando tornozeleira eletrônica. Três dos presos, que ainda não tiveram os nomes divulgados, seriam os líderes da quadrilha.
 
Todos os presos serão encaminhados para a PCE, onde devem aguardar audiência de custódia. Como as ordens foram expedidas pela comarca de Várzea Grande, ela não é feita no mesmo dia. Todo o material será analisado, o que pode dar base para uma segunda fase da operação.

Operação

A operação, batizada de 'Cleanup', tem o objetivo de cumprir 23 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão, expedidos pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com objetivo de combater a ação de traficantes que atuam principalmente no município.

Vitor Hugo Bruzulato Teixeira informou que as investigações iniciaram em virtude de uma denúncia anônima recebida pela DRE, a qual foi verificada a atuação de um extenso grupo de traficantes atuante na cidade de Várzea Grande.

O trabalho investigativo durou cerca de 70 dias e permitiu identificar diversas pessoas associadas para o tráfico, sendo realizadas as prisões em flagrante de seis pessoas e apreensão de grande quantidade de drogas em posse dos presos.

A ação contou com a participação da Diretoria Metropolitana (2ªDPCuiabá, DERRFVA, DHPP, Decon, DEDM e Derf, 1ªDP-VG, 2ªDP-VG, 3ªDP-VG e DEDMCI-VG), Diretoria de Atividades Especiais (GOE. GCCO, Polinter, Dema e Defaz), Corregedoria da Polícia Judiciária Civil, e Canil do Sistema Penitenciário, tendo em vista a grande quantidade de ordens judiciais a serem cumpridas na operação.

 


Cleanup traduzindo para o português significa Limpar/Limpeza, em alusão a limpeza da intensa criminalidade e violência em Várzea Grande. 


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image