19 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Quinta-feira, 28 de Novembro de 2019, 14:21 - A | A

Quinta-feira, 28 de Novembro de 2019, 14h:21 - A | A

MANDATO

PF cumpre mandados contra quadrilha que movimentou mais de R$ 1 milhão com tráfico internaciona

Olhar Direto

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (28), a ‘Operação Rota 364’, para combater o tráfico internacional de drogas nos estados de Rondônia e Mato Grosso, além do Distrito Federal. No total, são 21 mandados judiciais expedidos. Foi confirmado pelo órgão o cumprimento de uma prisão em Cuiabá. Mais de R$ 1 milhão foram movimentados com o esquema.



 
Dos 21 mandados, dois são de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e 15 de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Guajará-Mirim/RO.
 
Em Rondônia, a Polícia Federal cumpre mandados nas cidades de Guajará-Mirim/RO e Porto Velho/RO. Além delas, os policiais federais cumprem mandados em Cuiabá/MT e Brasília/DF.

Em Cuiabá, um homem foi preso em um hotel, em frente a rodoviária de Cuiabá. O nome dele foi não foi divulgado. Outras duas pessoas estavam com ele e são ouvidas pela Polícia Federal.
 
Durante as investigações, a Polícia Federal identificou uma organização criminosa voltada para o tráfico internacional de drogas, com base em Guajará-Mirim e ramificações na capital Porto Velho e em outros estados do Sul e Centro Oeste.
 
O grupo adquiria a cocaína dos fornecedores bolivianos de Guayaramerín, na Bolívia, articulavam o pagamento, escondiam a droga em veículos “preparados” e na sequência, realizavam o transporte do produto ilícito até o destino final por meio da rodovia BR-364.
 
No período investigado, os integrantes da organização criminosa movimentaram mais de um milhão de reais em contas bancárias próprias e de “laranjas”, além de utilizarem empresas para lavagem dos valores obtidos com o tráfico de drogas.
 
Entre 2018 e 2019 foram realizadas apreensões de drogas da quadrilha, que somaram aproximadamente 50 quilos de cocaína (cloridrato e pasta base), além de 2 armas de fogo,  o que acarretou na prisão em flagrante dos envolvidos e apreensão dos veículos utilizados para esconder os entorpecentes.
 

 


Os presos, após serem ouvidos nas sedes da Polícia Federal, serão encaminhados para presídios estaduais e responderão, perante a Justiça Federal, pelos crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image