23 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2019, 11:23 - A | A

Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2019, 11h:23 - A | A

PEDIDO

Justiça acata pedido de PGE e delegado deve continuar afastado da Defaz em MT

G1

A juíza Maria Erotides Kneip acatou o pedido da Procuradoria Geral do Estado e decidiu manter o delegado Lindomar Tófoli afastado das funções que exercia na Delegacia Especializada de Crimes Fazendários de contra a Administração Pública (Defaz).

A decisão, publicada nessa terça-feira (24), tem caráter de liminar, portanto, cabe recurso. 

Lindomar foi afastado da Defaz pela diretoria geral da Polícia Civil. O delegado alega que é vitima de perseguição política porque não foi apresentada justificativa para a transferência.

Ele afirma ainda que enquanto esteve à frente da delegacia construiu um histórico bem sucedido de ações de combate ao crime do colarinho branco.

Após o afastamento, Lindomar entrou com uma ação na Justiça e o juiz Yale Sabo Mendes determinou o retorno dele ao comando da delegacia. Entretanto, a PGE recorreu da decisão e reverteu a decisão.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image