28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2019, 09:59 - A | A

Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2019, 09h:59 - A | A

SUSPEITOS

Dono de autoescola suspeito de matar 2 clientes que exigiram entrega de CNH em MT é solto

G1

Suspeito de matar dois clientes dele, o dono de uma autoescola em Diamantino, a 209 km de Cuiabá, foi solto. As vítimas foram mortas na empresa do suspeito, Paulo Henrique Burin, de 49 anos, no dia 25 de outubro durante uma discussão por causa de carteira de habilitação.

Paulo Henrique se entregou à polícia duas semanas após o crime. Ele foi solto depois de um habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Thiago Luiz da Silva, de 37 anos, e Eldes Fernando dos Santos, de 22 anos, moravam em Tangará da serra. Thiago era advogado e amigo de Eldes.

De acordo com as investigações, as vítimas foram até a autoescola de Paulo para cobrar a entrega da carteira de habilitação de Eldes, quando houve um desentendimento e o dono da autoescola teria sacado a arma e atirado contra os clientes.

Paulo Henrique Burin se apresentou à polícia de Diamantino no dia 4 de novembro e ficou detido por 30 dias. A mulher de Paulo disse que lamenta muito o ocorrido e que o marido, por enquanto, não quer dar nenhuma declaração.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image