25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019, 16:03 - A | A

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019, 16h:03 - A | A

OFENSA

Cuiabano pede retirada de episódio do Porta dos Fundos da Netflix

GAZETA

O empresário de Cuiabá, Álvaro José Camargo, entrou com um requerimento no Ministério Público do Esatdo (MPE) pedindo a retirada do "Especial de Natal - A primeira tentação de Cristo" do catálogo da Netflix por "ataque" aos cristãos.

 

No pedido, o empresário afirma que o material "deturpa e altera de forma significativa o conteúdo da liturgia Cristã" e ofendeu o "seu direito à livre crença".

 

Em seus argumentos, Camargo afirma que "permitir a continuidade do filme em exibição (...) é o mesmo que consentir e concordar com a prática religiosa" e que o Estado deve defender os "direitos daqueles que são desrespeitados e humilhados no seu íntimo".

 

Alvo da polêmica, o episódio traz Jesus como homossexual e mostra o aniversário dele de 30 anos. O conteúdo indignou evangélicos, católicos e até muçulmanos nas redes sociais. O abaixo-assinado virtual que pede a retirada do episódio já tem 32 mil assinaturas.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image