25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 14:58 - A | A

Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 14h:58 - A | A

MOTIVO PASSIONAL

Casal é preso suspeito de matar jovem e jogar corpo a 17 metros em trilha de cachoeira em MT

G1

Um casal foi preso nessa terça-feira (26) suspeito de matar e jogar o corpo de um jovem na região de cachoeiras no Parque Serra Azul em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto no dia 11 deste mês.

O corpo dele foi jogado em uma altura de 17 metros na região de trilhas das cachoeiras.

 
Casal foi preso suspeito de matar jovem e jogar corpo a 17 metros em trilha de cachoeira em Barra do Garças — Foto: Polícia Civil de Barra do Garças

Casal foi preso suspeito de matar jovem e jogar corpo a 17 metros em trilha de cachoeira em Barra do Garças — Foto: Polícia Civil de Barra do Garça

Segundo as investigações da Polícia Civil, o crime teve motivação passional. João teria trocado mensagens pelo celular com uma mulher, de 29 anos, e o marido dela, de 43, encontrou as mensagens. Os nomes deles não foram divulgados.

 
Bombeiros usaram cães farejadores para localizar o jovem desaparecido em Barra do Garças — Foto: Corpo de Bombeiros de Barra do Garças

Bombeiros usaram cães farejadores para localizar o jovem desaparecido em Barra do Garças — Foto: Corpo de Bombeiros de Barra do Garças

A mulher teria alegado que o rapaz estava dando em cima dela. Por vingança, o marido e a mulher mataram a vítima. De acordo com a polícia, João Paulo foi até as cachoeiras no dia 9 de novembro onde desapareceu.

 
Cães localizaram o corpo do jovem em uma ribanceira, de difícil acesso, a 300 metros da entrada da Cachoeira Pé da Serra, em direção da entrada de uma usina — Foto: Corpo de Bombeiros de Barra do Garças

Cães localizaram o corpo do jovem em uma ribanceira, de difícil acesso, a 300 metros da entrada da Cachoeira Pé da Serra, em direção da entrada de uma usina — Foto: Corpo de Bombeiros de Barra do Garças

O corpo dele foi encontrado pelos bombeiros com a ajuda de cães farejadores. O casal planejou uma emboscada: a mulher marcou um encontro com o rapaz, que acabou morto com um golpe de mata-leão.

 
João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto em Barra do Garças — Foto: Facebook/Reprodução

João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, foi encontrado morto em Barra do Garças — Foto: Facebook/Reprodução

Para simular um acidente ou suicídio, o casal ainda jogou o corpo em uma altura de 17 metros.

O casal teve a prisão decretada pela Justiça de Mato Grosso. Tanto a mulher quanto o homem confessaram o crime.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image