25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2019, 15:23 - A | A

Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2019, 15h:23 - A | A

PRISÃO MANTIDA

Autuados por dois crimes, suspeitos de envolvimento em roubo a casa de deputada têm prisão mantida

OLHAR DIRETO

O juiz Wladymir Perri, da 3ª Câmara Criminal de Cuiabá, manteve a prisão de Weslei Tiago de Arruda da Silva, Edivaldo Manoel Santana de Arruda, Leidiane Santana de Arruda e Mirian Maíra da Silva, detidos na manhã da última terça-feira (24) por envolvimento no roubo à residência da deputada Janaina Riva (MDB). Um dos suspeitos que entrou na casa ainda é procurado.
 

 
De acordo com informações da assessoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) a audiência de custódia ocorreu na tarde desta quarta-feira (25). O juiz Wladymir Perri decidiu converter em preventiva a prisão dos quatro.

 
Os suspeitos foram presos em flagrante pelo 3º Batalhão da Polícia Militar e autuados pelos crimes de associação criminosa com uso de arma de fogo e roubo qualificado (com emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e restrição de liberdade da vítima)
 
O segundo suspeito que entrou na residência da deputada ainda é procurado. Wesley afirmou que não sabiam que a casa que iriam roubar pertence à Janaina, mas a PM suspeita que o foragido, que seria quem arquitetou o roubo, tinha conhecimento disso.
 
O crime
 
De acordo com informações do boletim de ocorrências, por volta de 1h15 do dia 24 dois homens armados com pistolas invadiram a casa no bairro Santa Rosa onde a deputada Janaina Riva e seu marido estavam sozinhos.
 
Os bandidos levaram dinheiro e outros pertences das vítimas. A equipe de inteligência do 10º Batalhão da Polícia Militar fez um levantamento dos dados de pessoas que utilizam tornozeleira eletrônica e verificaram que um suspeito identificado como Weslei Tiago de Arruda da Silva esteve pela região da casa da deputada no momento do roubo.
 
 

Pelo rastreamento da tornozeleira a PM conseguiu chegar ao suspeito, que foi preso por volta das 8h20, na rua 39 do bairro Doutor Fábio II, juntamente com outras três pessoas. Wesley ainda tentou fugir, mas foi capturado pelos militares. Na residência onde estava foram localizados os aparelhos de celular roubados e a quantia de R$ 41.100,00 mil em dinheiro.
 

 


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image