25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 10:30 - A | A

Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 10h:30 - A | A

IRREGULARIDADE

Fiscais encontram irregularidades em sete academias e três delas são fechadas em Poconé (MT)

G1

Fiscais encontram irregularidades em sete academias de Poconé, a 104 km de Cuiabá, e três delas foram fechadas nessa segunda-feira (25).

Segundo o Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT), as três academias da cidade tinham diversas irregularidades e permanecerão fechados de forma cautelar.

Ao total, sete estabelecimentos da cidade foram fiscalizados e todos apontavam diversas falhas. Dois deles tinham registro mas estavam sem certificado de credenciamento.

O presidente do CREF17, Carlos Alberto Eilert, classificou a situação desses locais como “alarmante” em relação a atividade ilegal da profissão encontrada pela fiscalização federal.

 
Fiscais encontram irregularidades em sete academias e três delas foram fechadas em Poconé (MT) — Foto: CREF17/MT

Fiscais encontram irregularidades em sete academias e três delas foram fechadas em Poconé (MT) — Foto: CREF17/MT

Segundo ele, os fiscais ficaram surpresos com o número de irregularidades encontradas na cidade.

O agente de fiscalização, Júlio Garcia, presente na ação, afirma que os alunos devem ficar atentos às condições de uso e, se houver irregularidades, devem denunciar.

Caso a academia esteja funcionando de forma irregular ou clandestina, ela será notificada para que a situação seja normalizada em um prazo de até 30 dias. Se não tiver profissional acompanhando as atividades, as academias podem ser fechadas.

O conselho recomenda que cada as atividades nas academias sejam acompanhadas por um profissional ou estagiário, que deve ter um contrato de estágio e ser supervisionado pelo profissional.

No caso de ausência de profissionais, as academias podem ser fechadas pelo Cref.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image