28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Quinta-feira, 02 de Maio de 2024, 08:51 - A | A

Quinta-feira, 02 de Maio de 2024, 08h:51 - A | A

SONHO DA CASA PRÓPRIA

Primeira-dama de MT lidera lançamento do SER Família Habitação em Alta Floresta

Programa prevê construção de 263 moradias com subsídio do Governo do Estado no município

Redação

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, liderou o evento de lançamento do Programa SER Família Habitação, em Alta Floresta, nesta terça-feira (30.04), com a participação de mais de 500 moradores.

A iniciativa, fruto de uma colaboração entre a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), prevê a construção de 263 casas no total: 50 casas especificamente designadas para a faixa 0, destinadas a famílias sem renda, e 213 unidades habitacionais distribuídas entre as faixas 1, 2 e 3, com subsídios de até R$ 20 mil para famílias com rendas entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

Virginia Mendes destacou a importância da colaboração para a concretização do programa, enfatizando que “ninguém faz nada sozinho”.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

"Fiquei muito emocionada com a presença de tantas pessoas. Nós tínhamos esse projeto no papel, consegui convencer o governador e temos grandes parceiros, a secretária da Setasc, coronel Grasi, o presidente da MT Par, Wener, e o prefeito e primeira-dama do município, porque ninguém faz nada sozinho”, ressaltou.

Ela também ressaltou a representatividade do SER Família, simbolizando Superação, Esperança e Respeito, e a relevância da família como fundamento de vida.

"O SER representa Superação, Esperança e Respeito, e a família é a base de tudo. Deus permitiu que eu pudesse realizar esse grande sonho", expressou Virginia Mendes.

Wener Santos, presidente da MT Par, qualificou o programa como um marco sem precedentes.

“Há muito tempo nós não tínhamos uma ação tão completa na área de habitação. O programa foi muito bem pensado pelo governador Mauro Mendes e por dona Virginia. O governador sempre se preocupou em começar um projeto e concluir com qualidade, e a nossa primeira-dama, além de cobrar a qualidade, entrou com a essência do social, para atender tanto as famílias inscritas no CadÚnico quanto as famílias que têm salários em média até R$ 8 mil para realizar o sonho da casa própria. O Governo somente em habitação já soma o montante de mais de R$ 1 bilhão, é um recorde de investimentos”, afirmou Santos.

A primeira-dama de Alta Floresta, Wilma Gamba, destacou o impacto do programa na dignidade das famílias locais.

“Lançando esse lindo programa aqui em nosso município vamos conseguir levar dignidade a muitas famílias. Virginia, pedimos a Deus que sua vida e que dia após dia você possa continuar a inspirar outras mulheres. Creio que todos que estão aqui, que têm o sonho de ter sua casa própria também sentem gratidão por você e pelo nosso governador”, agradeceu Wilma Gamba.

A secretária de Assistência Social do Estado, Grasi Bugalho, mencionou o avanço social significativo proporcionado pelo SER Família Habitação, que é o maior investimento social na história do Estado.

“O programa SER Família é completo, é o maior investimento social da história de Mato Grosso, porque olha as pessoas em todas as suas vulnerabilidades, cuida daquela pessoa que mais precisa. E o programa SER Família Habitação veio em parceria com a MT Par, com o apoio dos Governos do Estadual e Federal para dar o pontapé inicial no sonho de muitas famílias que é a conquista da casa própria, e o Governo de MT é o único que dá condições com 100% da entrada para as famílias que se enquadram no regime de financiamento”, explicou Bugalho.

O prefeito Chico Gamba reforçou a necessidade habitacional do município e a contribuição substancial do estado, estimada em cerca de R$ 700 milhões para a região.

"Esse é apenas o início. Tenho certeza que o lançamento das 40 mil residências em todo o estado é um compromisso do Governo do Estado e será cumprido. Em nosso município precisamos de pelo menos 3 mil unidades para sanar o déficit habitacional, mas o momento que estamos vivendo com algo em torno de R$ 700 milhões do Governo em nossa região, acredito que vamos ter sucesso com a demanda que temos com o apoio da nossa primeira-dama do Estado. Gratidão dona Virginia, por ter esse olhar pelas pessoas que mais precisam”, pontuou Chico Gamba.

O SER Família Habitação

O programa é direcionado a famílias com renda entre dois salários mínimos e R$ 8 mil, que não possuem imóvel próprio. Atualmente, existem mais de 12 mil unidades habitacionais credenciadas em Mato Grosso nessa categoria. Interessados devem se cadastrar no Sistema de Habitação do Estado de Mato Grosso (SihabMT), acessível através do site da MT Par. Após o cadastro, o sistema indica os empreendimentos disponíveis na região selecionada, permitindo ao usuário expressar interesse e obter o Comprovante de Cadastro de Interesse (CCI). Com o CCI em mãos, o próximo passo é procurar uma construtora para prosseguir com a compra. O processo inclui quatro etapas essenciais: cadastro no SihabMT, manifestação de interesse, impressão do CCI, e contato com a construtora.

O SER Família Habitação é estruturado em quatro faixas de renda: a faixa 0 para famílias sem renda, inscritas no CadÚnico; faixa 1 para renda até R$ 2.640; faixa 2 para rendimentos brutos familiares de R$ 2.640 a R$ 4,4 mil; e faixa 3 para rendas mensais de R$ 4,4 mil a R$ 8 mil. Enquanto as faixas 1, 2 e 3 são elegíveis para a modalidade "Entrada Facilitada", a faixa 0 é atendida por meio da doação de casas, um projeto gerido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image