19 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2019, 15:07 - A | A

Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2019, 15h:07 - A | A

OPERAÇÃO

Operação para evitar acidentes no feriadão de Ano Novo começa nesta sexta-feira na BR-163 em MT

G1

A segunda etapa Operação Vitrine, realizada pela Concessionária Rota do Oeste em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), inicia nesta sexta-feira (27) para chamar a atenção dos motoristas que vão viajar pela BR-163 para comemorar as festas de Ano Novo.

Até o dia 2 de janeiro de 2020, o trecho sob concessão contará com aumento no número de equipes operacionais, que ocuparão pontos estratégicos e previamente mapeados.

A medida tem como objetivo ampliar a segurança, garantir a fluidez e promover celeridade nos atendimentos prestados na BR-163.

Além disso, faz com que o usuário sinta a presença e permanência da concessionária na rodovia, chamando a atenção, mesmo que de forma indireta, para a necessidade de seguir as normas de trânsito.

Os pontos para o posicionamento das viaturas foram escolhidos a partir de um mapeamento realizado em todo o trecho, que apontou as ‘zonas quentes’ da rodovia e a importância de uma atuação mais direta da concessionária.

O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, diz que a primeira etapa da Operação Vitrine, realizada durante o período festivo de Natal, terminou sem mortes na rodovia.

Ele destaca ainda que a concessionária seguirá com o reforço no efetivo de funcionários que vão atender nas praças de pedágio para evitar filas. Os funcionários atuarão de acordo com a necessidade, incluindo as operações ‘papa-fila’, que consiste na cobrança antecipada da tarifa por arrecadadores ao longo das filas nas praças de pedágio.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image