25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍCIA Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019, 09:01 - A | A

Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019, 09h:01 - A | A

SANCIONA

Governo sanciona lei que proíbe instalação de tomadas em celas e prevê criação de área de segurança no entorno dos presídios de MT

G1

O governador Mauro Mendes (DEM) sancionou uma lei que prevê várias mudanças no sistema penitenciário de todo o estado. A Lei 11.042, de autoria do deputado estadual João Batista, foi publicada no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (5).

A exemplo do que aconteceu na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde uma reforma foi feita e todas as tomadas retiradas das celas, a nova lei prevê que, a partir da publicação, fica proibida a instalação de novas tomdas nas celas das penitenciárias de Mato Grosso.

Ainda de acordo com a nova lei, deve ser criada a Área de Segurança Penitenciária Estadual (Aspe) no entorno dos estabelecimentos penais de Mato Grosso, com o objetivo de evitar fugas, arremessos de objetos, de materiais ilícitos e explosões, além do contato dos presos, por qualquer meio, com o exterior. Considera-se Aspe a área externa ao estabelecimento penal, definida a partir de seu muro, até o limite de 100 metros

No entanto, a lei não será aplicada aos estabelecimentos penais construídos em áreas urbanas com entorno já ocupado.

Deve haver o patrulhamento dessas áreas por agentes penitenciários e, especialmente, por grupos especializados do Sistema Penitenciário e das forças de segurança do estado, que, havendo necessidade e urgência, poderão bloquear vias nas adjacências das unidades, realizar abordagens e, em caso de atitudes suspeitas e de localizar ilícito, conduzir o infrator da lei à autoridade policial competente.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image