25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019, 08:29 - A | A

Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h:29 - A | A

BR-163/364/MT

Obras de duplicação da BR-163/364 serão liberadas em Mato Grosso

REDAÇÃO

Regina Botelho

Da Redação  

As obras de duplicação da Br-163/363/MT serão entregues nos próximos dias. A informação foi confirmada pelo superintendente regional do DNIT em Mato Grosso, Orlando Fanaia. As obras fazem parte da duplicação da BR-163/364/MT, entre Cuiabá e Rondonópolis, em um trecho de 174 km que contam com duplicação e restauração. A via duplicada está sendo executada em pavimento de concreto, tecnologia que tem como vantagens, maior durabilidade e economia nos serviços de manutenção.  “Para o mês de janeiro de 2020, está programada a entrega do contorno de Juscimeira, na mesma rodovia federal. Além de diminuir consideravelmente o tempo de viagem dos usuários e facilitar o escoamento da produção brasileira, a obra também reduziu o número de acidentes frontais de veículos na rodovia”, pontua o diretor do DNIT. A duplicação da BR- 163/364 é uma antiga reivindicação da população que utiliza a via. A duplicação conta com obras no Distrito Industrial de Cuiabá, onde estão sendo erguidos quatro viadutos e a ampliação das ruas laterais (que são as principais entradas no perímetro urbano de Cuiabá).

O trecho do Distrito Industrial tem 42,40 km de extensão, que se inicia no segmento em concreto da Serra de São Vicente até o viaduto existente no entroncamento com a Rodovia dos Imigrantes (BR-070/MT). Hoje, a média diária nesse segmento da BR-163/364/MT supera os 8 mil veículos pesados, que interferem diretamente na mobilidade urbana de Cuiabá. A previsão é de que as obras sejam concluídas neste trecho em 2020. “A conclusão da duplicação da BR-163/364 será em meados de 2021, com a realização do contorno de Jaciara”, frisa Filho. Obras de duplicação da BR-163/364, em Juscimeira, no trecho entre Rondonópolis e Jaciara, começaram a entrar em um ritmo mais intenso, com novas frentes de trabalho. 

Segundo o DNIT, nesse segmento serão construídos três contornos rodoviários: um no município de São Pedro da Cipa e dois em Juscimeira, sendo o do distrito de Santa Elvira e o do perímetro urbano propriamente dito. O contorno de São Pedro da Cipa terá cerca de 2,4 km de extensão, enquanto o de Juscimeira somará 7 km e o de Santa Elvira, que já está liberado para tráfego, 1,8 km. O objetivo principal é separar o tráfego doméstico de veículos (do perímetro urbano) do fluxo de longa distância. As intervenções no trecho entre Jaciara e Rondonópolis integram o empreendimento mais amplo de duplicação da BR-163/364 e estão orçados em R$ 370 milhões de investimento. De Rondonópolis a Jaciara, a BR-163 já tem 40 km duplicados e outros 20 km estão em obras.  


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image