28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quinta-feira, 02 de Maio de 2024, 09:00 - A | A

Quinta-feira, 02 de Maio de 2024, 09h:00 - A | A

EVENTO NACIONAL

MT propõe medidas para democratização da ciência em conferência

As propostas, elaboradas nas conferências municipais, foram apresentadas durante a etapa regional Centro-Oeste, em Goiânia

Redação

Na etapa regional da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (CNCTI), o secretário de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Allan Kardec, enfatizou a importância da distribuição equitativa dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), propondo um sistema único verticalizado, semelhante ao Sistema Único de Saúde (SUS) e ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

"A destinação de 3% a 5% desses recursos, divididos igualmente entre os 27 estados, garantiria que todos sejam contemplados nos editais futuros. Sugiro que esse investimento seja feito tanto pelo governo federal quanto pelos estaduais, priorizando o programa 'Popularização da Ciência'. Isso representa uma grande oportunidade para o orçamento do próximo ano", argumentou.

A participação da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (Seciteci), no evento realizado entre os dias 29 e 30 de abril, na Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia (GO), trouxe propostas inovadoras para democratizar o cenário científico nacional.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O evento, com a participação da ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Luciana Santos, reuniu agentes públicos, pesquisadores e empresários para discutir e definir políticas públicas prioritárias para o Centro-Oeste nos próximos dez anos.

Luciana Santos anunciou o lançamento de novos editais específicos para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com o objetivo de apoiar o financiamento de projetos regionais de ciência e tecnologia.

"Estamos buscando o desenvolvimento do país a partir de novas bases sustentáveis e inovadoras. Em apenas 8 meses, foram investidos 10 bilhões na área de ciência e inovação, valor correspondente aos investimentos realizados nos últimos 4 anos", declarou.

O evento, considerado um marco para a região Centro-Oeste, reforçou a importância da ciência na vida cotidiana.

As propostas debatidas serão encaminhadas para a etapa nacional da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, programada para ocorrer de 4 a 6 de junho, no Espaço Brasil 21, em Brasília (DF).


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Centro-Oeste Popular (copopular.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image