icon facebook icon twitter icon instagram

22 de Março de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

Sexta-feira, 15 de Março de 2019, 16h:23 - A | A

Mulher é obrigada a se retratar por difamar salão em grupos do Facebook

image

Mulher precisou se retratar em uma página no Facebook conhecida como Aonde Não Ir em Cuiabá por ter feito uma publicação difamando o salão de beleza Hadassa Studio Hair em 2015. De acordo com a postagem, decisão foi do Juizado Especial Cível de Várzea Grande.

 

 

N.F.T.C teria reclamado dos serviços da empresa em 2015, quando contratou o salão nas vésperas do seu casamento para um dia de noiva. Ela teria dito que, na ocasião, "o que era pra ter sido um dia calmo e de felicidade se transformou em ansiedade, choro e raiva". 

 

Isto porque a profissional contratada para exercer os serviços teria pedido demissão para abrir seu próprio negócio dias antes do casamento de N.F.T.C., o que fez com que ela optasse por reincidir o contrato com o salão e ser atendida pela profissional. 

 

"Sendo certo que fui eu quem quis cancelar o contrato de dia de noiva com o salão Hadassa Hair, poucos dias antes do meu casamento, sendo inverídica a afirmação de que fora o salão quem cancelou os serviços sem me comunicar com antecedência", diz trecho da publicação. 

 

Mulher também se retratou sobre a afirmação de que a proprietária do salão só teria devolvido seu dinheiro depois de ação judicial e disse que o valor foi ressarcido apenas com o envio de um e-mail. 

 

"Logo, também é inverídica a informação de que eu paguei por duas vezes pelo meu dia de noiva, posto que recebi o valor integral do distrato. A proprietária do salão jamais se negou a devolver o dinheiro, não me tratou com ironias nem tampouco agiu com falta de educação". 

 

Ela afirmou que não teve intenção de atingir, desabonar ou macular a honra e imagem da empresa, embora tenha narrado os fatos ocorridos de forma 'diversa', como foi comprovado pelo processo judicial.

Galeria de fotos


image
 
 
 
 
Imprimir
Comentários












Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




image