Policia

14/06/2018 15:54 G1

Vereadores de Cuiabá criam 'CPI da Saúde' para investigar falta de remédios em unidades públicas

s vereadores de Cuiabá abriram uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar, entre outras irregularidades, a falta de medicamentos em unidades públicas da capital. O pedido foi protocolado nesta quarta-feira (14).

O G1 procurou a prefeitura, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

O presidente da Câmara, vereador Justino Malheiros (PV) tem até 48 horas para definir os relatores da CPI.

A abertura da comissão foi proposta pelo parlamentar Abílio Júnior (PSC), que deve presidir a CPI, e assinada por outros oito parlamentares.

Também assinaram o documento os vereadores: Toninho de Souza (PSD), Felipe Wellaton (PV), Marcelo Bussiki (PSB), Dilemário Alencar (Pros), Diego Guimarães (PP), Gilberto Figueiredo (PSB), Ricardo Saad (PSDB), Dr. Xavier (PTC).

No requerimento, os vereadores pedem que seja investigado:

  • a falta de medicamentos nas unidades municipais de saúde e eventual crise provocada para viabilizar a realização de contratações emergenciais;
  • gestão temerária e possível ingerência política na gestão da Secretaria Municipal de Saúde;
  • descumprimento de leis e de acordo judicial relativo à remuneração dos profissionais de enfermagem contratados sem vínculo efetivo;

Como justificativa, os vereadores apontaram uma carta escrita em março desse ano pela ex-secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Araújo. O documento foi encaminhado ao prefeito como pedido de exoneração.

À época, segundo os vereadores, estima-se que ao menos 249 tipos de remédios estavam em falta na rede pública.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo