icon facebook icon twitter icon instagram

22 de Março de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

Sexta-feira, 15 de Março de 2019, 15h:29 - A | A

Pacientes serão transferidos da Santa Casa e prefeito de Cuiabá diz que vai ao Ministério da Saúde buscar recursos para pagar funcionários

image

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou na manhã desta sexta-feira (15) que a Procuradoria Geral do Município vai tomar as medidas legais cabíveis para notificar e responsabilizar a Santa Casa de Misericórdia e seus dirigentes pelos prejuízos à saúde da população. A unidade hospitalar está há 4 dias sem atender pacientes.

Emanuel também garantiu que vai procurar o Tribunal Regional do Trabalho e o Ministério da Saúde para solicitar repasse de verbas para a Santa Casa, desde que o montante seja utilizado para quitar o salário dos funcionários, que estão há meses sem receber.

Os pacientes que estavam sendo atendidos na Santa Casa de Cuiabá devem ser transferidos para outras unidades hospitalares para que deem continuidade ao tratamento.

Ele salienta que dos 651 pacientes que estavam fazendo tratamento contra o câncer na Santa Casa, 40 são crianças. Além disso, 426 são do interior de Mato Grosso, totalizando 70% dos pacientes oncológicos.

Dessa forma, o prefeito deve se reunir com o governador Mauro Mendes (DEM) para buscar uma alternativa para garantir o atendimento.

Em relação aos pacientes renais adultos, que fazem hemodiálise na Santa Casa, foi realizada uma reunião com os prestadores de serviço de tratamento renal CNEC, Clinemed e CTR para alinhar o acolhimento destes pacientes, que não podem deixar de passar pelo procedimento. A equipe da SMS também se reuniu com o Hospital de Câncer e Hospital Geral para alinhar o acolhimento da demanda da Santa Casa de todos os pacientes oncológicos.

 

  • O prefeito determinou 8 eixos que devem ser cumpridos:
  • Levantamento de todos os pacientes que estão em tratamento na Santa Casa para reagendamento. Assim, foi montado uma equipe de acolhimento dos pacientes na central de regulação e no Hospital Santa Casa de Misericórdia por assistentes sociais.
  • Reunião com os prestadores de serviço de tratamento renal, CNEC, Clinemed e CTR para alinhar o acolhimento dos pacientes renais adultos que fazem hemodiálise na Santa Casa.
  • Atendimento prioritário das crianças que estão em diálise.
  • Reunião com Hospital de Câncer e Hospital Geral para alinhar o acolhimento da demanda da Santa Casa de todos os pacientes oncológicos.
  • Nota de esclarecimento para todos os municípios do estado, comunicando que todos os pacientes com agendamento para a Santa Casa terão novos reagendamentos em outras unidades hospitalares.
  • Contrato com o Conselho de Secretarias Municiais de Saúde de Mato Grosso (Cosems/MT) para socialização da nota de esclarecimento.
  • Criação de Núcleo de Acolhimento na Central de Regulação para as demandas da Santa Casa de Misericórdia.
  • Levantamento da capacidade instalada dos outros hospitais contratualizados para acolhimento da demanda da Santa Casa através de aditivos.
Imprimir
Comentários












Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




image