19 de Junho de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

Quinta-feira, 13 de Junho de 2019, 08h:23 - A | A

OPERAÇÃO

Operação desativa garimpos ilegais de minérios e madeira instalados em terras indígenas em MT

G1 MT

Foto: Funai/Assessoria

image

Dois garimpos ilegais foram desativados na Operação Lavra Ilegal, realizada nas Terras Indígenas Sararé e Paukalirajausu, habitadas pelos índios Nambikwara, na fronteira oeste de Mato Grosso.

O resultado da operação, feita no final do mês de maio, na região de Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, e foi divulgada nessa quarta-feira (12) pela assessoria da Fundação Nacional do Índio (Funai). Nenhuma pessoa foi presa.

De acordo com a Funai, a operação durou três dias e foi mobilizada após denúncias que identificaram atividade garimpeira na região.

 
Operação Lavra Ilegal, realizada nas Terras Indígenas Sararé e Paukalirajausu — Foto: Funai/Assessoria

Operação Lavra Ilegal, realizada nas Terras Indígenas Sararé e Paukalirajausu — Foto: Funai/Assessoria

As equipes desarticularam dois pontos de garimpo ilegal onde foram encontrados acampamentos com roupas, alimentos, agentes químicos, tipo mercúrio, para lavra ilegal, materiais e ferramentas diversos da atividade garimpeira.

No total, uma máquina retroescavadeira, quatro motores e um motor foram apreendidos e destruídos junto com os acampamentos. Os alimentos e utensílios domésticos foram destinados às comunidades indígenas Nambikwara.

Além dos dois garimpos, as equipes desarticularam áreas de extração ilegal de madeira.

 
Operação Lavra Ilegal, realizada nas Terras Indígenas Sararé e Paukalirajausu — Foto: Funai/Assessoria

Operação Lavra Ilegal, realizada nas Terras Indígenas Sararé e Paukalirajausu — Foto: Funai/Assessoria

Foram encontradas diversas espécies de árvores derrubadas - garapeira, peroba rosa, cabreúva e mogno - com serragem em forma de lascas e réguas, o que sugere a extração ilegal para fins de comercialização.

Um caminhão com motosserra, combustível e materiais diversos foi encontrado ainda com a chave na ignição, sugerindo que uma pessoa fugiu ao encontrar as equipes. O veículo foi apreendido.

Imprimir

ENQUETE

VEJA MAIS

Você é contra ou a favor ao novo decreto do porte de armas?

PARCIAL

RÁDIO

Coletiva Santa Casa

Áudios da coletiva sobre a Santa Casa


(65) 3052-6030

redacaocopopular1@gmail.com admcopopular1@gmail.com financeiro@copopular.com.br

image