Brasil

19/05/2017 10:25

Secretaria de MT proíbe entrada de mulheres usando roupas curtas ou decotadas

Uma portaria em vigor na Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) proíbe mulheres de entraram no prédio da pasta, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, usando roupas decotadas, que mostrem a barriga ou “excessivamente curtas”. Para os homens, a proibição vale para camisetas sem mangas e bermudas acima do joelho. Medida semelhante havia sido tomada pela Câmara de Vereadores da capital em março deste ano.

As novas regras foram publicadas no Diário Oficial do Estado que circula nesta sexta-feira (19). A exceção, conforme o texto, será para crianças com até 12 anos.

Conforme a portaria, mulheres que estiverem usando blusas tipo tomara-que-caia ou que deixam as costas nuas, assim como shorts acima do joelho, minissaia e traje de banho não poderão entrar na sede da Seduc. O documento também proíbe peças de roupa “que exponham partes do corpo que, por costume, não ficam à mostra”.

A Seduc justificou a medida com base no código de ética dos servidores públicos, no decoro da pasta, que exige o uso de “vestimentas apropriadas” do público externo e na necessidade de normatizar o uso adequado de roupas para entrada no prédio. A fiscalização será feita por seguranças da sede da pasta.

A portaria também proíbe a entrada no prédio da Seduc de pessoas portando armas de fogo ou objetos cortantes, com exceção de servidores que tenham prerrogativa para isso.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo